17
ago
10

Johnnie Walker – The Man Who Walked Around The World – Legendado em Português

Para quem me conhece sabe que, além de gostar da marca tenho grande admiração pela história do Johnnie Walker… então segue um vídeo que conta de uma forma bem interessante essa história.

Gustavo Cerqueira -> Thank you!!!

  

19
nov
08

H. Spencer Lewis – 125 anos

H. Spencer Lewis nasceu em 25/11/1883 e passou pela transição em 02/08/1939.

Este ano estaria completando 125 anos.

Como parte de sua missão nesta vida, foi ele incumbido de trazer o ideal rosacruz para a América e desta forma estabeleceu a AMORC e foi seu primeiro Imperator. Modernizou os ensinamentos da Ordem Rosacruz com as monografias para estudo no Sanctum. Foi o fundador do Museu Egípcio Rosacruz e o Planetário no Parque Rosacruz em San Jose, Califórnia (que ainda hoje é uma atração muito visitada). Ele mantinha uma estação de rádio neste parque onde transmitia programas para a comunidade com um equipamento que ele mesmo montou – ele era um excelente inventor. Também criou a Universidade Rosacruz Internacional que reunia estudiosos e ministrava cursos regulares… um de seus objetivos era criar experimentos que viriam a comprovar os ensinamentos da AMORC.

Um texto mais completo pode ser encontrado na Wikipedia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Harvey_Spencer_Lewis

Para quem tiver interesse e curiosidade vale a pena uma pesquisa nas publicações que estão disponíveis no Google Books (em inglês, parciais):

http://books.google.com/books?lr=&hl=pt-BR&q=spencer+lewis&btnG=Pesquisar+livros

Devemos sempre ter em mente as realizações deste grande rosacruz e seguir adiante com o ideal místico do rosacrucianismo.

Paz Profunda!

[M.R.Magoo Walker… Keep Walking!] ® [Marcio Gonçalves]

Link da Mensagem: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=1989132&tid=5270109216483515058&na=4

20
abr
08

Sobre as Amizades – Texto Completo de Fernando Pessoa

Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos. Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim… do companheirismo vivido.

Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso.

Em breve cada um vai pra seu lado, seja pelo destino, ou por algum desentendimento, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar quem sabe… nos e-mails trocados.

Podemos nos telefonar conversar algumas bobagens… aí os dias vão passar, meses… anos… até este contato tornar-se cada vez mais raro.

Vamos nos perder no tempo… um dia nossos filhos verão aquelas fotografias e perguntarão? Quem são aquelas pessoas?

Diremos… Que eram nossos amigos. E… isso vai doer tanto!

Foram meus amigos, foi com eles que vivi os melhores anos de minha vida! A saudade vai apertar bem dentro do peito.

Vai dar uma vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente…

Quando o nosso grupo estiver incompleto… nos reuniremos para um último adeus de um amigo. E entre lágrima nos abraçaremos.

Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado.

E nos perderemos no tempo… Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo : não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades seja a causa de grandes tempestades…

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

Fernando Pessoa

29
fev
08

Sobre minhas idéias

:: keep on moving ::

Na verdade, expressar idéias é assumir um grau de loucura individual. Pensar é existir, logo, existir é uma condição imediata para que possamos chegar ao destino premeditado pelos nossos próprios atos, quer sejam passados ou antepassados. Entenda que, se você admite suas idéias, assim o faz também com sua condição de existência, portanto, beba uma skol por mim.

29
fev
08

Sobre o amor e a amizade – na visão de William Shakespeare

"Perguntei a um sábio, a diferença que havia entre amor e amizade, ele me disse essa verdade… O Amor é mais sensível, a Amizade mais segura. O Amor nos dá asas, a Amizade o chão. No Amor há mais carinho, na Amizade compreensão. O Amor é plantado e com carinho cultivado, a Amizade vem faceira, e com troca de alegria e tristeza, torna-se uma grande e querida companheira. Mas quando o Amor é sincero ele vem com um grande amigo, e quando a Amizade é concreta, ela é cheia de amor e carinho. Quando se tem um amigo ou uma grande paixão, ambos sentimentos coexistem dentro do seu coração." – William Shakespeare.
29
fev
08

Sobre a vida

A vida é como um jardim onde você planta uma rosa e cuida dela. Como exupery dizia, cativa aquela flor. Um belo dia você acha que a flor não te ama, mas você mantem o amor que sente por ela. Um outro dia ela te sorri e te recompensa imensamente. A rosa, porém, um dia esta mais alegre, um outro mais triste… mas ela ainda é a sua rosa e para ela serás eternamente seu jardineiro.
29
fev
08

Sobre a estrela da inspiração

Para alcançar a estrela da inspiração é necessário entregar-se ao seu eu absoluto e deixar de lado o seu eu relativo. Inspirar-se é como absorver a essência do criador e transformá-la na mais pura peça de arte, única em essência e de vislumbre ao olhar. Captar a vida, conduzir a realidade e consumar em atos ou palavras ou açoes majestosas. Assim é a parcela que nos foi destinada.